sexta-feira, 8 de novembro de 2019

Lula é libertado em Curitiba após STF barrar prisão em segunda instância



O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) foi solto na tarde desta sexta-feira (8/11), na sede da Polícia Federal, em Curitiba, onde estava preso desde abril de 2018. Após decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) - de derrubar a prisão após condenação em segunda instância -, o juiz Danilo Pereira Júnior, da 12ª Vara Criminal Federal de Curitiba, aceitou nesta sexta-feira (8/11) o pedido da defesa do ex-presidente da República. 

Na saída, Lula foi recebido pela namorada, a socióloga Rosângela Silva, e alguns aliados. 

Condenado a 8 anos, 10 meses e 20 dias, em segunda instância, no caso do triplex do Guarujá, Lula ficou 1 ano e 7 meses preso na Superintendência da Polícia Federal (PF) de Curitiba. Agora, poderá recorrer em liberdade e a pena só voltará a ser cumprida após o trânsito em julgado.