quinta-feira, 17 de outubro de 2019

Morre menino que teve dinheiro de campanha para tratar doença desviado pelo pai


O menino João Miguel, de dois anos, morreu nesta quinta-feira (17), na cidade de Conselheiro Lafaiete, em Minas Gerais. A criança, diagnosticada com atrofia muscular espinhal (AME), ficou conhecido nacionalmente após ter uma parte do dinheiro arrecadado para tratar a doença roubado pelo próprio pai.

O suspeito, identificado como Mateus Henrique Leroy Alves, foi detido em Salvador, em julho deste ano, após ser denunciado pela mãe da criança. Conforme a Polícia Civil de MG, o homem iria utilizar o dinheiro para abrir um prostíbulo na capital baiana. Ele é suspeito de desviar cerca de R$ 600 mil da campanha, que conseguiu arrecadas mais de R$ 1 milhão em um ano e meio.