segunda-feira, 26 de agosto de 2019

Avaliação negativa do governo Bolsonaro cresce e chega a 39,5%, aponta pesquisa


O governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL) é avaliado como ruim ou péssimo por 39,5% dos brasileiros, conforme pesquisa divulgada nesta segunda-feira (26/8) pelo instituto MDA em parceria com a Confederação Nacional do Transporte (CNT). 

Em fevereiro deste ano, o índice era de 19%, o que significa que houve uma elevação de pouco mais de 20 pontos percentuais em seis meses. A reprovação no que diz respeito ao desempenho pessoal de Bolsonaro também cresceu no período e 53,7% em agosto, ante 28,2% em fevereiro, de acordo com o levantamento. Já a taxa de aprovação do mandatário passou de 57,5% para 41%.


A pesquisa indica ainda que 29,4% consideram o governo ótimo ou bom e 29,1%, regular. 2% dos entrevistados não souberam ou não responderam. Foram realizadas 2.002 entrevistas entre os dias 22 e 25 de agosto, em 137 municípios. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais.

Questionados se Bolsonaro tem cumprido promessas de campanha, apenas 9,5% dos entrevistados se disseram plenamente satisfeitos.