quarta-feira, 26 de junho de 2019

Iuri Sheik, suspeito de atirar em empresário, se entrega à polícia


O digital influencer Iuri Santos Abraão, conhecido como Iuri Sheik, suspeito de atirar e matar um empresário na cidade de Santo Antônio de Jesus, recôncavo baiano, se apresentou à polícia na sede do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), em Salvador, na tarde desta quarta-feira (26). A vítima morreu no final desta manhã.

William Oliveira foi baleado após uma discussão durante os festejos juninos, no domingo (23). Iuri Sheik era procurado pela polícia desde a noite do crime. Um mandado de prisão preventiva contra ele foi expedido na segunda-feira (24).


Na chegada à delegacia, às 16h30 desta quarta, Iuri não falou com a imprensa. Disse apenas que o ato "destruiu" a vida dele. Ele chegou acompanhado de dois advogados, que também não falaram sobre o caso.

No DHPP ele prestou depoimento à delegada Clelba Teles. A polícia não deu detalhes sobre as declarações de Iuri, mas informou que, ao ser questionado sobre a arma utilizada no crime, ele disse ter perdido depois da fuga.

Por volta das 17h15, ele foi encaminhado para o Departamento de Polícia do Interior Polícia Civil (Depin), onde terá o mandado de prisão cumprido. De lá, ele será encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT), onde fará exame de corpo de delito, antes de seguir para o Presídio da Mata Escura, em Salvador.

O caso é investigado pelo delegado Edilson Magalhães, titular da Coordenadoria Regional de Polícia de Santo Antônio de Jesus, que deve ouvir Iuri Sheik ainda essa semana.