terça-feira, 14 de maio de 2019

Papa reconhece segundo milagre e Irmã Dulce será proclamada Santa


Após ter um segundo milagre reconhecido pelo Vaticano, Irmã Dulce (1914- 1992) será proclamada Santa, por meio de um decreto. Em 2011, ela já havia sido condecorada com a beatificação.

De acordo o anúncio feito nesta terça-feira (14/5) pelo Vatican News – canal oficial de comunicação da Santa Sé – a condecoração foi autorizada pelo Papa Francisco, mas a data da proclamação ainda não foi divulgada.


A Beata Irmã Dulce conhecida como “Anjo bom da Bahia”, nasceu em Salvador em 26 de maio de 1914 e  faleceu em 22 de maio de 1992. Ela foi religiosa da Congregação das Irmãs Missionárias da Imaculada Conceição da Mãe de Deus, e beatificada em 22 de maio de 2011.

Irmã Dulce é recordada por suas obras de caridade e de assistência aos pobres e necessitados. Com o decreto, ela será proclamada Santa “proximamente em solene celebração de canonizações”, segundo o Vaticano.