quarta-feira, 17 de abril de 2019

Quinta-feira santa: Missa da Unidade será celebrada na Catedral São Thomaz de Cantuária


Nesta quinta-feira (18) todo clero da Diocese de Camaçari se reúne com o bispo Dom João Carlos Petrini, para celebrar a instituição do sacramento da Eucaristia e do Sacerdócio. A Missa da Unidade ou dos Santos Óleos será às 9h na Catedral São Thomaz de Cantuária em Camaçari.

Nesta celebração é marcada por dois grandes momentos, o primeiro é a renovação das promessas sacerdotais feitas por cada padre no dia da ordenação. E a consagração dos óleos que serão utilizados para ministrar os sacramentos do batismo, crisma e unção dos enfermos.


O óleo dos catecúmenos, que é utilizado durante o batismo, é representado pela cor vermelha e significa a libertação do mal e prepara para o nascimento pela água e pelo Espírito. O Óleo do Crisma é uma mistura de óleo e bálsamo significando a plenitude do Espírito Santos, revelando que o cristão deve exalar o “bom perfume de Cristo”, é representado pela cor branco ouro e usado durante o sacramento da Crisma ou Confirmação. Já o óleo dos enfermos, significa a força do Espirito de Deus nos momentos de doença, fortalecendo-o para enfrentar os momentos de dor e morte, é representado pela cor roxa. Após a Missa os sacerdotes levam os óleos para sua paróquia que serão usados ao longo do ano.

TRÍDUO PASCAL

O tríduo pascal inicia na tarde de Quinta-Feira Santa e segue até o Sábado Santo, os três dias formam uma só celebração, que resume todo o mistério da Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus Cristo.

Na Catedral São Thomaz de Cantuária será celebrada Missa com o rito do lava pés às 19h, recordando o gesto de Jesus lavar os pés dos discípulos durante a última ceia.

Na sexta-feira Santa, os fiéis são chamados a viver o recolhimento, jejum e oração. Haverá a Via Sacra da Juventude saindo às 7h da Praça Desembargador Montenegro, onde fica localizada a Catedral,  até o morro da manteiga, onde jovens e adultos refazem a via dolorosa de Jesus até o calvário. E às 17h será realizada a celebração da Paixão de Cristo, esse é o único dia do ano que não é celebrada Missa.

No sábado Santo (20) a Igreja permanece fechada durante o dia e reabre às 19h para a Vigília pascal, considerada a “mãe de todas as vigílias”, onde a Igreja revive e celebra com jubilo a ressurreição de Cristo. 

No domingo de Páscoa, onde é celebrada o dia da Ressurreição de Jesus Cristo que venceu o mal e a morte, haverá celebração às 7h, 9h30 e 18h30 na Catedral São Thomaz de Cantuária.