quinta-feira, 14 de março de 2019

Enderson se reúne com diretoria e segue no comando do Bahia


Um dia depois de perder para o Sergipe, por 1x0, pela Copa do Nordeste, o elenco do Bahia voltou aos treinos. Na manhã desta quinta-feira (14), os jogadores que atuaram menos de 45 minutos no duelo na Fonte Nova participaram de um treino no Fazendão.

O clima no CT era bem diferente do comum. Acompanhado pelo presidente Guilherme Bellintani, pelo vice Vitor Ferraz, e pelo diretor de futebol Diego Cerri, o técnico Enderson Moreira apenas acompanhou a atividade do banco de reservas. O treinador passou o período conversando com a cúpula tricolor e segue mantido no cargo.

Logo após o treino, os dirigentes se reuniram no gramado, enquanto Enderson, com expressão abatida, deixou o banco e apenas conversou rapidamente com os auxiliares. Em seguida, tanto o treinador quando os dirigentes deixaram o local sem falar com a imprensa.


Por ordem da diretoria, a entrevista coletiva programada para acontecer logo após a atividade foi cancelada.

O clima entre Enderson e a torcida do Bahia está estremecido. A nova derrota em casa foi o estopim para mais protestos dos torcedores, que pedem a saída do treinador. Ontem, Enderson, o auxiliar Luís Fernando Flores e o preparador Edy Carlos ficaram reunidos com Bellintani por quase duas horas em um dos vestiários da Fonte Nova.

As partes saíram do estádio sem falar com a imprensa.