Ministro nega foro privilegiado a Flávio Bolsonaro e reabre investigação - Jornal Camaçari - Jornal Online e Impresso de Camaçari

Post Top Ad

1 de fevereiro de 2019

Ministro nega foro privilegiado a Flávio Bolsonaro e reabre investigação


O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Marco Aurélio Mello negou, nesta sexta-feira (1º), foro privilegiado ao senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) em uma investigação sobre movimentações atípicas de um ex-assessor do parlamentar. Na decisão, o ministro ainda determinou que as investigações possam ser retomadas pelo MP-RJ (Ministério Público do Rio de Janeiro). Marco Aurélio entendeu que Flávio, filho do presidente Jair Bolsonaro (PSL), não está protegido pelas regras do foro privilegiado porque, na época dos fatos sob suspeita, ele era deputado estadual do Rio de Janeiro. Flávio toma posse como senador nesta sexta.


Post Top Ad