O ciclo de festejos populares do Verão 2019 em Camaçari começou oficialmente neste domingo (06/01), dia de Terno de Reis, tradicional celebração que, todos os anos, enche as ruas das comunidades de Barra de Pojuca e Cajazeiras de Abrantes com a alegria característica das históricas manifestações populares que enriquecem a cultura local. Comemorar a ilustre visita e a entrega dos presentes pelos Três Reis Magos ao Menino Jesus é a essência primordial da festa, que em Camaçari convoca a população para prestigiar a remontagem desse momento, em um evento onde o samba de roda predomina e o clima de animação e exaltação da cultura popular contagia a todos.

Em Barra de Pojuca, a Folia dos Reis, como também é chamado o evento, começou ainda pela tarde, quando a Companhia de Apoio Social e Cultural Espermacete, grupo que desde 1991 mantém o costume de celebrar a data com uma animada e participativa mostra de samba de roda, transformou a fachada da paróquia local, que é ao mesmo tempo Paróquia dedicada a Nossa Senhora de Fátima e a São Francisco de Assis, no cenário de um espetáculo de música e dança embaladas pelo samba de raiz.

Dona Nildes Bomfim, Mestra da Cia Espermacete, agradeceu à Prefeitura de Camaçari por apoiar as manifestações populares. “A participação e o incentivo do poder público é muito importante. Hoje nós comemoramos, também, o fato da Companhia Espermacete ter uma interação ainda mais expressiva com a comunidade, envolvendo crianças, jovens e adultos”, observou, acrescentando que sente orgulho de fazer parte dessa tradição. “É uma data muito importante, por isso nós passamos por aqui carregando a estrela que representa a luz que guiou os Reis Magos”, concluiu.

As presenças dos jovens soteropolitanos Patrick Guia, 18 anos, e Samantha Almeida, 16, testificam a pluralidade do público que o evento é capaz de atrair. “Esse movimento mostra a sobrevivência das raízes antigas e eu, pessoalmente, considero isso muito interessante”, declarou Patrick. A garota concordou: “É a nossa conexão com o passado”, descreveu. O grupo seguiu até a praça local, transportando consigo toda uma atmosfera de fé e alegria. Lá, outros grupos culturais abrilhantaram ainda mais a celebração, a exemplo do Eremirim de Parafuso, Boi Bonito de Abrantes, Trady Samba e A Esperança Nasceu Aqui. A secretária de Cultura, Macia Tude, se fez presente na celebração.

Em Cajazeiras de Abrantes, à noite, o encontro de grupos culturais para celebrar o Terno de Reis aconteceu na praça local. A animação ficou por conta do Samba Chula Raiz do Passado e do Samba de Roda das Cajás, entre outras participações artísticas. O vice-prefeito José Tude, que também responde pela Prefeitura Avançada da Orla, prestigiou o evento e ressaltou a importância das manifestações culturais. “É gratificante ver o povo feliz. Nós apoiamos essa manifestação porque consideramos importante que essa tradição tenha sequência”, declarou Tude.

Fotos: Victor Matos