Com informações do Correio 



A atriz Gloria Pires vai ficar dois anos afastada da Globo para descansar a imagem antes do próximo personagem, que deve ser marcante, segundo informações do colunista Daniel Castro, do Notícias da TV, do Uol. 

Segundo o colunista, a decisão foi da Globo, que quer que preservar Gloria para o próximo papel em 2020. Ela vai interpretar Dona Lola, protagonista de um novo remake de "Éramos Seis", escrita por Angela Chaves, de "Os Dias Eram Assim". Criada pela escritora Maria José Dupré, a personagem é vista como uma das mais fortes da teledramaturgia do país. 

A novela já foi ao ar quatro vezes na TV. A primeira foi em 1958, encenada ao vivo na Record. Depois, teve duas edições na Tupi: em 1967, em versão curta, e em 1977. Em 1994, foi o SBT quem exibiu a novela. Silvio de Abreu e Rubens Ewald Filho foram responsáveis pelo texto das últimas duas versões.

A trama conta história de uma mãe de quatro filhos, acompanhando-os da infância até a vida adulta. Lola fica viúva cedo e luta muito para criar os filhos, em meio a problemas. Um deles morre cedo. No final, Lola termina a vida só em um asilo.

Na versão da Globo, Nicette Bruno e Irene Ravache serão homenageadas - a primeira será a mãe de Lola, dona Maria, e asegunda vive Emília, tia da protagonista. Cassio Gabus Mendes será Julio, marido de Lola.

Gloria Pires está fora do ar desde maio, quando acabou "O outro Lado do Paraíso". Até "Éramos Seis" começar, no primeiro semestre de 2020, deve ficar fora de especiais e séries da Globo, inclusive, determinou a emissora.

De acordo com o colunista, esse é o maior tempo que a atriz ficará afastada de trabalhados desde 2011. Em 2013, ela ficou um ano fora da TV.