Foto: Divulgação SSP

Seiscentos e trinta e cinco armas e simulacros foram retiradas de circulação da Região Metropolitana de Salvador (RMS), entre os meses de janeiro e outubro de 2018, durante ações ostensivas e repressivas promovidas pelas unidades do Comando de Policiamento da Região Metropolitana de Salvador (CPRMS). 


Essas apreensões foram fundamentais para a redução dos Crimes Violentos Letais Intencionais (homicídios, latrocínios e lesões corporais seguidas de morte), que registraram uma queda de 15,7%, 106 casos a menos do que no mesmo período do ano anterior. 

Segundo o comandante do CPRMS, coronel PM Alfredo José Souza Nascimento, foram apreendidos revólveres e pistolas dos mais diferentes calibres, esclarecendo que “as operações 'Força Tática', 'Metropolitana' e 'Vetor Aéreo', esta com apoio do Grupamento Aéreo, além do apoio da Rondesp RMS, contribuíram decisivamente para que alcançássemos estes números positivos”.