A Petrobras postergou para 31 de janeiro de 2019 a hibernação de suas fábricas de fertilizantes localizadas em Sergipe (Fafen-SE) e na Bahia (Fafen-BA), informou a petroleira em comunicado nesta terça-feira (30).

De acordo com a companhia, continua a avaliar alternativas à hibernação em junto a representantes dos governos e federações das indústrias dos Estados e demais participantes dos grupos de trabalho, "de modo que se faz necessário este tempo adicional para a conclusão da análise das alternativas à hibernação, desde que mantidos os níveis mínimos de rentabilidade".

"Dentre estas alternativas consta um possível processo de arrendamento das fábricas a terceiros", acrescentou a Petrobras, dizendo que futuros passos no desenvolvimento das análises serão comunicados ao mercado. Anteriormente, a estatal havia informado que concluiria a hibernação das unidades até 31 de outubro.