Veja nota na íntegra:

Sobre denúncia em vídeo enviada para alguns sites e redes sociais de Camaçari, onde um munícipe reclama da demora no atendimento do SAMU a uma vítima de acidente de moto no Viaduto do Trabalhador, ocorrido no último domingo (21/10), a Secretaria de Saúde (Sesau) esclarece que:

- O chamado da ocorrência foi registrada na Base do SAMU às 10h17 do domingo. Neste horário, as duas unidades móveis do SAMU da sede estavam em ocorrências. A Unidade Suporte Básico estava atendendo um chamado das 9h57 no Parque das Palmeiras, em pacientes com trauma. A Unidade de Suporte Avançado estava no Hospital São Rafael realizando a transferência de um paciente de Camaçari para o hospital.


- Assim que a Unidade de Suporte Avançado concluiu a transferência, a mesma foi direcionada diretamente para realizar o socorro à vítima.

- Sobre a fala do munícipe, de que havia uma ambulância parada a menos de 100m do local do ocorrido, tal local é a garagem da Sesau, onde também é feito o serviço de manutenção de algumas ambulâncias dos postos de saúde.

Atualmente, cinco ambulâncias atuam diariamente no serviço do SAMU em Camaçari. Sendo três na sede e duas na orla. Contudo, no último domingo, a terceira ambulância da sede estava em serviço de manutenção. E as unidades da orla em atendimento na Costa de Camaçari.

A Secretaria de Saúde lamenta o ocorrido e reitera que o tempo de espera se deu devido a outros atendimentos realizados pelas ambulâncias no mesmo horário. Sem mais, a Sesau coloca-se a disposição para auxiliar a vítima no que for possível.