O livro “Aparelho Sexual e Cia”, alvo de críticas do candidato à presidência Jair Bolsonaro (PSL), será relançado no Brasil no próximo dia 12. A Companhia das Letras, editora que tem os direitos da obra infantojuvenil que estava fora de catálogo no Brasil, divulgou a novidade nesta quarta-feira (5/9).

Faltando uma semana para o relançamento, o título escrito por Hélène Bruller e ilustrado por Zep será publicado pelo selo juvenil da Cia, a Editora Seguinte, e já está disponível em pré-venda. Jair Bolsonaro levou um exemplar de “Aparelho Sexual e Cia” ao “Jornal Nacional”, na Globo, no último dia 28 de agosto. O candidato do PSL foi impedido de mostrar o conteúdo do livro em rede nacional, já que a exibição de documentos está vetada durante as entrevistas dos candidatos à presidência no telejornal.

Bolsonaro afirma que o livro, lançado no Brasil em 2007, foi comprado pelo governo do PT na época e incluído na lista de títulos distribuídos a escolas e bibliotecas públicas.


Em nota oficial divulgada após o episódio na TV, a editora admite que ofereceu o título como indicação para alunos do 6º ao 9º ano (de 11 a 15 anos), mas que o livro nunca foi “comprado pelo MEC, como tampouco fez parte de nenhum suposto ‘kit gay’. “O Ministério da Cultura comprou 28 exemplares em 2011, destinados a bibliotecas públicas”, diz o comunicado.

Em entrevista ao UOL, a autora francesa Hélène Bruller disse que ouve críticas ao livro “há 18 anos” e que acredita que Jair Bolsonaro sabia que, na verdade, estava promovendo sua obra ao tomar tal atitude.

“Querem banir, mas inconscientemente, eles querem promover. Acho que, lá no fundo, tem um garotinho, um pequeno Jair, que teria adorado ganhar de presente de seus pais [um exemplar do livro] ‘Aparelho Sexual e Cia.’, em vez de ouví-los gritar com ele, a face distorcida de raiva e baba nos lábios: ‘Jair! Se você se masturbar, irá para o inferno!'”.

“Aparelho Sexual e Cia.” já saiu em pelo menos 10 idiomas e vendeu mais de um milhão e meio de exemplares pelo mundo. Nele, os autores, apoiados em um personagem de histórias em quadrinhos bem famoso na Europa (Titeuf, uma espécie de Calvin em francês), explicam de forma humorada e didática algumas questões que passam pela cabeça de qualquer pré-adolescente: como é beijar? O que é masturbação? Como acontece o sexo? Como as mulheres engravidam?