Nesta sexta-feira (14), 1200 novos livros, entre romances, mangás, contos, filmes e títulos juvenis, chegam à Escola Municipal Cosme de Farias em Camaçari. Com objetivo de servir à comunidade escolar e famílias moradoras do entorno, o novo acervo é uma das ações do projeto Leitura no Campo, que tem realização da Rede Educare e patrocínio da Bayer via Lei Rouanet e Ministério da Cultura.

Além de livros que são de difícil acesso e estão entre os mais procurados pelo público infantil e adolescente, a escola ganha a revitalização da sua biblioteca com novo espaço de pintura, mesas e cadeiras de leitura e ambientação lúdica para acolhimento dos 475 alunos – entre 11 e 15 anos - e 30 educadores que utilizam o local, além de também passar a servir a toda comunidade do entorno.

O projeto Leitura no Campo busca a formação de novos leitores em comunidades com pouco acesso à literatura. Sua atuação prevê qualificação de bibliotecas comunitárias e complementação de acervo em bibliotecas de escolas, incluindo a revitalização de espaços de leitura.O foco é oferecer novos títulos que abrangem temas atuais, dando espaço para a diversidade,com livros em braile e áudio-livros. 

“Para nós, a chegada deste projeto é uma conquista muito importante, ainda mais para uma escola localizada na periferia, como a nossa. Percebo que esse novo acervo vai funcionar como uma abertura para outros conhecimentos, vai ser uma potência para essa comunidade, afinal a escola é a porta de entrada para esse mundo letrado e precisamos ter ferramentas para isso. Estou realmente muito feliz”, comemora a diretora da escola, Edicleia Pereira.

Neste ano de 2018, o Leitura no Campo vai reestruturar, no total, 10 bibliotecas ou espaços de leitura já existentes no Brasil, tanto no que tange à adequação do espaço físico como a doação de acervos. O projeto vem atuando em espaços que precisam de suporte e melhorias para atender as comunidades do país, já tendo inaugurado, este ano, unidades em Coxilhas e Não-me-Toque (RS), Paracatu e Cachoeira Dourada (MG), Campo Verde (MT), Santa Helena (GO) e São José dos Campos (SP).

O acompanhamento do projeto após a doação do acervo é realizado pelas escolas por meio do Biblioteca Fácil, um sistema que gera relatórios sobre empréstimos, livros lidos e temas mais buscados. O Leitura no Campo parte do princípio de que as bibliotecas são espaços vivos para trabalhar a imaginação, a colaboração, a aprendizagem e a produção de conhecimento.A iniciativa aposta na qualidade técnica dos serviços prestados para alcançar o objetivo final de formação de novos leitores.

“Um grande desafio do nosso projeto é dar acesso ao livro e a leitura em comunidades no interior do Brasil.  No entanto, o desafio vai além de ter bibliotecas, precisamos democratizar a leitura e o ato de ler " explica Katia Rocha, Diretora da Rede Educare.

Segundo a líder de Sustentabilidade e Engajamento com a Comunidade da Bayer para América do Sul, Danielly Crocco, investir em educação é o caminho para que transformações positivas aconteçam. “Ajudar no desenvolvimento das comunidades em que a Bayer está inserida é essencial para a empresa. A parceria com a Rede Educare nos ajuda a colocar isso em prática, por meio do incentivo à leitura”.

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a proporção de cidades com bibliotecas subiu de 76,3% para 97,1% entre 1999 e 2014. Dos 5.570 municípios, apenas 112 ainda não possuem espaço público de leitura.  

A iniciativa do projeto Leitura no Campo vai ao encontro da Lei nº 12.244 de 24 de maio de 2010, que estabelece a obrigatoriedade de haver biblioteca nas instituições de ensino do país. O projeto também auxilia no processo educacional, na redução do analfabetismo e na formação de um público consumidor de cultura.

SERVIÇO

Leitura no Campo - Camaçari (BA)

Inauguração: 14 de setembro

Local: Escola Municipal Cosme de Farias       

Endereço: Begônias, DAS, S/N

Tel: 3622-1285

Sobre a Bayer

A Bayer é uma empresa global com competências em Ciências da Vida nas áreas de agricultura e cuidados com a saúde humana e animal. Seus produtos e serviços são desenvolvidos para beneficiar as pessoas e melhorar sua qualidade de vida. Além disso, a companhia objetiva criar valor por meio da inovação. A Bayer é comprometida com os princípios do desenvolvimento sustentável e com suas responsabilidades sociais e éticas como uma empresa cidadã. Em 2017, o Grupo empregou cerca de 99 mil pessoas e obteve vendas de € 35 bilhões. Os investimentos totalizaram € 2.4 bilhões e as despesas com Pesquisa & Desenvolvimento somaram € 4.5 bilhões. Para mais informações, acesse www.bayer.com.br

Rede Educare: 10 anos!  - A Rede Educare nasceu em 2008 inspirada pela crença de que é possível transformar a realidade desde que pessoas, empresas, governos e organizações estejam imbuídos do mesmo propósito. Em 10 anos, a missão de fazer essa rede se comunicar e funcionar construiu sua trajetória, tornando-se referência no Brasil em projetos de transformação social. Em outras palavras, a Rede Educare promove diálogos para modificar vidas.

Especializada em leis federais de incentivo, atua em oito estados, tecendo encontros entre produtores e empresas para realizar projetos inovadores de impacto social.Também identifica parceiros para os projetos que idealiza, como o Cantos de Leitura, Leitura no Campo, Casinha de Livros, Exposição Reciclos, Arte na Reciclagem, que impactaram mais de 100 mil pessoas nos últimos anos.

 “Hoje temos certeza do nosso propósito. Somos uma empresa diversa, com crenças, força e ideias. Sim, ideias mudam o mundo quando temos pessoas que querem realizar o novo”, comemora Kátia Brasileiro, diretora da Rede Educare. Para o futuro, planeja implantar cinemas e bibliotecas em zonas rurais e publicar um livro que trata do tema diversidade por meio de histórias de pessoas públicas.