Foto: Thiago Pacheco

A brincadeira tomou conta da Praça Bahia, no bairro Novo Horizonte, na manhã desta quinta-feira (06/09). É que aconteceu a 5ª edição do projeto Brincar na Praça, que é realizado pela Escola Comunitária Brincando e Criando, em parceria com a Prefeitura de Camaçari, através da Secretaria de Educação (Seduc).

No local, foram montados cinco espaços com diversas atividades lúdicas para entreter a criançada. O Aqui se Brinca promoveu brincadeiras diversas que desafiam a criança a usar o raciocínio lógico, como jogos de regras, música, dança, obstáculos e labirinto; o Aqui se Imagina é onde eles puderam se fantasiar, maquiar e usar adereços, por exemplo; o Assim se explora o mundo trouxe elementos da natureza, com várias atividades com animais e plantas; o Aqui se faz literatura é de contação de histórias, com uma diversidade de materiais para isso, como fantoches e bonecos, e as crianças puderam se fantasiar dos personagens; o Aqui se faz artes elas puderam usar a imaginação para fazer arte em vários materiais.

Outro estande montado continha a proposta pedagógica da unidade e apresentava o trabalho desenvolvido na escola. A coordenadora pedagógica, Edna de Matos Almeida, falou sobre a ideia do projeto. “Percebemos que as nossas crianças não tinham vivência na praça. A partir do momento que a gente promoveu esse espaço, as crianças começaram a habitar naturalmente. Temos também o objetivo de sensibilizar as outras escolas a fazer o mesmo e vivenciar o local como um espaço educativo”.

Mãe do estudante Levi Tavares Evangelista, 3 anos, a dona de casa Tayslaine Tavares dos Santos, 26 anos, aprovou o projeto. “É interessante porque eu nunca tinha visto em outro lugar. E ainda não tem nada mais gratificante do que ver meu filho feliz e se divertindo”.

Quem também aproveitou muito os espaços foi Maria Lavínia dos Santos Rodrigues, 5 anos, que estava animada e participando de tudo o que podia. Ela fez maquiagem, pintou, utilizou os brinquedos, vestiu roupas e acessórios.

A Escola Comunitária Brincando e Criando atende 172 crianças, de 2 a 5 anos e 9 meses. O evento foi aberto à comunidade e também contou com a participação das famílias, além de estudantes de dez escolas do entorno, entre municipais e particulares.