terça-feira, 29 de maio de 2018

Golpe no WhatsApp usa greve de caminhoneiros para espalhar link falso



Um novo golpe no WhatsApp se aproveita da greve de caminhoneiros, em vigor no Brasil, para enganar usuários do mensageiro. A ameaça usa como isca um link malicioso que, supostamente, mostraria postos de gasolina com combustível disponível. Ao tentar acessar a lista, porém, as vítimas seriam encaminhadas a páginas de serviços pagos e apps de origem duvidosa.

De acordo com informações da Kaspersky Lab, cerca de 60 mil usuários foram vítimas da fraude em menos de 24 horas. A forma de disseminação já é comum no WhatsApp – que, por ser o app de mensagens mais popular do país, virou alvo constante de cibercriminosos.

Como o golpe funciona
O ataque chega ao usuário por meio de uma mensagem no WhatsApp. O texto contém os dizeres “Aqui esta a lista dos postos que receberão gasolina hoje, confira” e um link encurtado que, em teoria, levaria à lista com os postos de gasolina que ainda possuem o combustível.

Ao acessar o endereço, no entanto, os criminosos pedem que a vítima informe a cidade e o estado em que se encontra, para que se possa acessar o conteúdo. A lista de postos não é exibida em seguida. Depois de compartilhar o mesmo link com sua lista de contatos, ele também a redireciona para outros portais que oferecem serviços premium, páginas repletas de propaganda ou até mesmo para aplicativos de origem duvidosa, que podem danificar o aparelho.

De acordo com a Kaspersky Lab, os criminosos estão lucrando, principalmente, com as milhares de visualizações nas páginas cheias de publicidade, e também com a instalação dos aplicativos maliciosos sugeridos pela página.