Os dois suspeitos de envolvimento na morte de Bruna Santana Mendes, 16 anos – que foi achada morta dentro de um saco plástico em Feira de Santana (a 109 quilômetros de Salvador) –, foram soltos do Presídio Regional de Feira de Santana nesta quarta-feira, 25. Um terceiro envolvido no caso continua preso.

Segundo informações do site Acorda Cidade, Deividson Jorge dos Santos, 18 anos, e Eric Pereira Maciel, 20 anos, estavam em prisão temporária de 60 dias. As mães dos dois suspeitos, que os aguardavam na saída do presídio, defendem que os filhos não têm participação na morte de Bruna.

De acordo com o site, o delegado Fabrício Linard afirmou que a prisão temporária foi de natureza processual, com objetivo de facilitar a investigação. 

Com informações do A Tarde