Foto: Folhapress

Nesta segunda-feira (23), o Partido dos Trabalhadores lança nova campanha nacional de filiação, intitulada “Sou Lula, sou PT”. 

Segundo a coluna Painel, do jornal Folha de São Paulo, a sigla decidiu estimular adesões após constatar que o número de ingressos espontâneos foi impulsionado pela prisão do petista. 


Ainda segundo a publicação, desde que o ex-presidente foi detido, há 15 dias, 3.230 pessoas se registraram na legenda —quase 30% do total de 11 mil inscrições contabilizadas desde janeiro. A operação será inaugurada na reunião do diretório nacional, em Curitiba.

De acordo com registros internos, o PT tem hoje 2,1 milhões de filiados, dos quais 44% são mulheres. Esse índice sobe para 51% nas cidades com mais de 500 mil habitantes. Dilma Rousseff, que estará em Curitiba, participará da campanha.