Justiça libera mulher suspeita de matar recém-nascido para responder em liberdade

março 08, 2018


Ocorreu nesta quinta-feira (8), a audiência de custódia de Marilene Santana das Neves, acusada de matar o próprio filho no banheiro do Hospital Semed. De acordo com o delegado Antonio Carlos, da 4ª Delegacia de Homicídios, durante a audiência á acusada teria alegado que foi ao banheiro para defecar e o bebê  teria caído.

Ainda de acordo com delegado a Justiça liberou Marilene que agora responderá ao processo em liberdade.


Jornal Camaçari







Outras Notícias
© Improta e Andrade Comunicação LTDA
Camaçari em Foco Notícias