UFBA realiza preparativos para campus em Camaçari

fevereiro 19, 2018


A Universidade Federal da Bahia anunciou que “o edital de remoção de servidores técnico-administrativos para o novo campus da UFBA em Camaçari, que abrigará o Bacharelado Interdisciplinar em Ciência, Tecnologia e Inovação”, está com inscrições abertas até 26 de fevereiro. São nove vagas para assistente em administração, uma para técnico em contabilidade e uma para técnico em tecnologia da informação. Para nível superior, devem ser preenchidos os cargos de administrador, analista de sistema, arquivista, assistente social, bibliotecário, contador, engenheiro civil, nutricionista, pedagogo, todos com uma vaga cada. Os candidatos devem ser lotados na UFBA. O campus de Camaçari vai funcionar provisoriamente na Cidade do Saber, enquanto as instalações definitivas, na antiga área do Ceped, não ficam prontas.


A constituição do corpo docente também está em andamento, segundo a diretora pró-tempore do campus, professora Valterlinda Queiroz. Os professores da UFBA interessados em atuar na nova unidade de ensino podem entrar em contato com a diretoria para solicitar remoção, de acordo com o perfil das disciplinas que serão ofertadas, disse a diretora. Fazem parte desse público-alvo docentes da Escola Politécnica e do Instituto de Humanidades, Artes e Ciências (IHAC). Ela explica que profissionais de outras universidades também poderão ser incorporados por redistribuição. “Buscaremos o aproveitamento de concursos já existentes na universidade para convocar candidatos aprovados”, afirmou. No momento, cinco professores estão com os processos em tramitação, contou a diretora.

A abertura do Bacharelado Interdisciplinar (BI), com a oferta inicial prevista de 100 vagas, faz parte do projeto de implantação do Instituto de Ciência, Tecnologia e Inovação, que intensificará a formação de pessoal qualificado na região e contribuirá, de uma forma geral, para o desenvolvimento do Estado da Bahia. O BI em Ciência e Tecnologia será ofertado no turno matutino, na modalidade presencial, com carga horária total de 2.410 horas e duração mínima de seis semestres.

O BI “Deve ampliar também o conhecimento e desenvolvimento na área das Engenharias, com uma forte aderência ao arranjo produtivo local para alavancar a competitividade do parque industrial e superando as assimetrias e desigualdades socioeconômicas regionais, particularmente na cidade de Camaçari e na região Metropolitana de Salvador (RMS) e seu entorno”, destaca o projeto.

Maior polo industrial do Estado, Camaçari abriga um complexo petroquímico, indústrias automobilísticas e outras. A sua proximidade com o campus facilitará parcerias entre a universidade e as empresas, fomentando o desenvolvimento de pesquisas. Além do bacharelado e das engenharias, ICTI deverá propor a criação de cursos de pós-graduação strictu sensu em colaboração com o setor industrial. O projeto do campus inclui novas instalações administrativas para o funcionamento de colegiados e departamentos.

O acesso dos estudantes egressos do BI aos cursos do segundo ciclo, formação em Engenharia, se dará via seleção interna, de acordo com os critérios estabelecidos pela UFBA. Serão admitidos primeiramente os egressos do BI-CTI UFBA Campus Carlos Marighella (Camaçari); em segunda instância egressos de Bacharelados Interdisciplinares em Ciência e Tecnologia do Campus da UFBA em Salvador e por fim egressos de BI em Ciência e Tecnologia de outras Instituições de Ensino Superior. Futuramente, serão anunciadas as áreas específicas dos cursos de Engenharia que funcionarão em Camaçari.
Outras Notícias
© Improta e Andrade Comunicação LTDA
Camaçari em Foco Notícias