PM atira em carro de som durante protesto de sindicatos na Via Parafuso; veja vídeo

fevereiro 19, 2018



Um policial militar, que não teve o nome divulgado, atirou na madrugada desta segunda-feira (19) em um carro de som (uma Kombi branca) durante protesto na Via Parafuso, em Camaçari. No momento do fato, um grupo de sindicalistas protestava contra a reforma da previdência quando o militar tirou contra o carro de som. 


Participavam do ato, organizado pela Central Única dos Trabalhadores (CUT), representantes do Sindicato dos Trabalhadores da Indústria Química, Petroquímica, Plástica, Farmacêutica do Estado da Bahia (Sindiquimica);  Sindicato dos Petroleiros da Bahia (Sindpetro) e Sindicato dos Professores e Professoras da Rede Pública Municipal de Camçari (Sispec). De acordo com a CUT, os militares também dispararam balas de borracha contra os manifestantes para liberar a via que estava bloqueada como vegetação e objetos com fogo. 

“O 12º Batalhão informou que, neste momento, um policial militar lotado na unidade - que não participava da negociação com os manifestantes na Via Parafuso - está sendo ouvido na sede da unidade para que as providências legais sejam adotadas após o militar ter efetuado disparo contra um carro de som na manhã desta segunda-feira (19)”, afirmou a PM, em nota. 

 A PM destacou ainda que "apura qualquer postura/comportamento que fuja da técnica policial, pois o papel da corporação em manifestações é garantir a ordem pública, o direito das pessoas se manifestarem, bem como o direito de ir e vir do cidadão".

Foi uma manhã de protestos também em Salvador - mas a manifestação na região do Iguatemi foi pacífica, de acordo com a PM. Os manifestantes bloquearam a Avenida ACM, nos dois sentidos, por volta de 7h. Duas horas depois, o trânsito foi liberado, conforme negociado. 




Com informações do Correio

Outras Notícias
© Improta e Andrade Comunicação LTDA
Camaçari em Foco Notícias