Justiça decreta prisão de Latino por atraso de pensão alimentícia

fevereiro 06, 2018



Depois da prisão de Dado Dolabella ontem (05/02), a Justiça de Manhuaçu (MG) decretou a prisão do cantor Latino. O motivo é uma nova dívida de pensão alimentícia que ele tem com a filha de 9 anos, fruto de um antigo relacionamento do cantor com a cabeleireira Neusimar Cosendei. A dívida está avaliada em R$ 60 mil e estaria atrasada há cinco meses. O mandado de prisão foi expedido pelo juiz Walteir José da Silva, da 1ª Vara Civil da região. O cantor pode ser preso a qualquer momento.

Segundo Informações do Jornal Extra, A mãe da criança trava uma batalha judicial com o cantor desde a gravidez. Latino só conhece a filha por foto. "Venho desde a gravidez pedindo ajuda para alimentar a minha filha, que passa necessidades, pois mesmo eu trabalhando duro para sustentá-la, não consigo suprir todas necessidades que uma criança precisa", desabafa Neusimar.  

Ela afirma que arcou sozinha com as despesas da criança durante os sete primeiros anos da menina e que Latino só chegou a depositar dinheiro para a filha após a pressão da mídia. "Ele nunca fez depósitos seguidos, e há cinco meses não manda nada e não responde as minhas mensagens".

Pai de nove filhos, o cantor é reincidente. Em setembro do ano passado, a juíza Cristiane de Sá Berbat, do Rio de Janeiro, decretou a prisão do cantor por ele não pagar a pensão de um outro filho (Matheus, de 5 anos). Na ocasião, Latino acabou quitando a dívida cinco dias depois e se livrou da prisão.

Correio

Outras Notícias
© Improta e Andrade Comunicação LTDA
Camaçari em Foco Notícias