Árbitro que tentou agredir jogador brasileiro é suspenso na França

janeiro 15, 2018


O árbitro da partida entre Nantes e PSG, Tony Chapron, que ganhou fama no mundo do futebol no domingo por tentar chutar um jogador brasileiro antes de expulsá-lo, foi suspenso "até nova ordem", anunciou nesta segunda-feira a Direção Técnica de Arbitragem (DTA) da Federação Francesa.

A DTA anunciou "a suspensão de Tony Chapron, inicialmente escalado para o duelo Angers-Troyes da 21ª rodada da Ligue 1 em 17 de janeiro, até nova ordem", em nota, após reunião de emergência, nesta segunda.


Durante um contra-ataque do PSG, nos últimos segundos da partida, Chapron corria em direção ao gol do Nantes quando cruzou com o zagueiro brasileiro Diego Carlos, que derrubou o árbitro de maneira involuntária.

Ainda no chão, Chapron tentou chutar o brasileiro propositalmente estendendo a perna.

Após uma breve troca de palavras, o árbitro, que também é policial, mostrou um segundo cartão amarelo para o brasileiro, que acabou expulso de campo.

"Chapron, depois de ter revisto as imagens, constatou que a queda foi provocada de maneira involuntária. Por consequência, informou à DTA que reenviou uma súmula complementária à comissão de disciplina da Liga", informou a DTA.

O incidente eclipsou o resultado da partida (vitória por 1 a 0 do PSG) e incendiou as redes sociais com a hashtag #ChapronRouge, um jogo de palavras em francês com Chaperon Rouge (Chapeuzinho Vermelho).





Outras Notícias
© Improta e Andrade Comunicação LTDA
Camaçari em Foco Notícias