TCM reprova contas da Câmara e multa Vereador Marcelino; gastos irregulares ultrapassam R$ 523 mil

dezembro 28, 2017


O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), reprovou as contas da Câmara Municipal de Camaçari referente ao ano de 2016. O vereador  José Marcelino que era presidente da casa no período, foi multado em R$ 3 mil e poderá ser acionado pelo Ministério Público do Estado da Bahia por prática de crime de improbidade administrativa.  De acordo com o relatório votado e aprovado por unanimidade, o vereador cometeu gastos irregulares que ultrapassaram R$ 523 mil com contratação de empresas sem licitação. 

A gestão de Marcelino é acusada de desrespeitar a lei das licitações ( 8.666/93) ao aditivar por 3 vezes  contratos que ultrapassaram R$ 111 mil. 


Joemerson Improta
    Jornal Camaçari








Outras Notícias
© Improta e Andrade Comunicação LTDA
Camaçari em Foco Notícias